Os quatro maiores mitos de perda de peso

1. Para perda de peso são comprimidos

NÃO! Se fosse esse o caso, todos comprariam os tablets apropriados e todos seriam magros. Pílulas e nutrição só podem ter um efeito de suporte, e resultados positivos podem ser alcançados em conjunto com hábitos alimentares adequados e movimento na intensidade certa. No entanto, nem comprimidos nem outros meios milagrosos formam a figura de alguém.

2. É possível perder peso por dieta sem a necessidade de sobrecarregar o corpo

É verdade que a dieta causará perda de peso, mas não pode ser usada para monitorar a modelagem do corpo. Tal perda de peso pode ser à custa da massa muscular, o que pode trazer emagrecimento, mas não o fortalecimento associado que todos (todos) desejam.

Outro problema é o efeito JOJO – a perda de peso radical não pode ser sustentada permanentemente e, portanto, a menos que esteja associada a uma mudança no estilo de vida, o peso geralmente retorna a pelo menos seu nível original.

3. Intensidade máxima de exercício, perda máxima de peso

NÃO! Por outro lado, durante o exercício muito intenso, a perda de peso pode ocorrer em detrimento da massa muscular. A queima de gordura ocorre quando você atinge 50-70% da freqüência muscular durante o exercício, que é quando você respira calmamente, não se supera, e em qualquer caso você não recupera o fôlego. Agarrar sua respiração sinaliza que seu corpo está trabalhando na zona anaeróbica e que tem muito pouco a ver com a queima de gordura.

4. Apenas 5 minutos de exercício intenso por dia

NÃO! A queima de gordura é um processo relativamente lento que começa no corpo após cerca de 15 minutos. atividade física!

Grãos de café verde

Você já ouviu falar de café verde? É um milagre para a perda de peso. Estes são grãos arábica clássicos, que não foram submetidos a torrefação, e perderam alguns benefícios para a saúde.

Os especialistas recomendam que você beba uma xícara de café verde com o estômago vazio todas as manhãs (prepará-lo da mesma forma que o café torrado). Os grãos de café verde contêm ácido clorogênico, que reduz a absorção de açúcar no sistema digestivo, queimando assim as gorduras acumuladas. Este ácido também estimula a atividade metabólica do fígado, queimando mais gordura.